Negócios e ParticipaçõesAgroindustrial

O setor energético começa a mudar, e as fontes renováveis ganham cada vez mais espaço no Brasil e no exterior. Atenta às tendências e ao potencial brasileiro nessa área, a Organização direciona recursos para o segmento desde 2007. Inicialmente denominada ETH Bioenergia, a empresa passou a se chamar Odebrecht Agroindustrial em 2012. O negócio nasceu com o objetivo de atingir a liderança no setor sucroenergético mundial. Assim, supre os mercados brasileiro e internacional com energia limpa, a partir da produção e comercialização de:

  • Etanol
  • Açúcar
  • Eletricidade (gerada a partir da biomassa)

Ao integrar atividades de produção, comercialização e logística, a Odebrecht Agroindustrial inova nesse mercado. A empresa atua desde o cultivo e a colheita da cana, de forma 100% mecanizada, no preparo do solo e na escolha de variedades adequadas, até a produção, venda e entrega dos produtos. Sua composição acionária é composta por, entre outros:

  • Odebrecht (56,03%)
  • BNDESPAR (14,37%)
  • Ashmore (13,10%)
  • Sojitz Co. (12,23%)
  • Tarpon (2,45%)
  • Sojitz Brasil (0,83%)

O modelo de negócios da Odebrecht Agroindustrial se baseia no desenvolvimento de polos de produção que reúnem tecnologia e escala, combinando competitividade e sustentabilidade. A empresa já investiu mais de R$ 9 bilhões em nove unidades agroindustriais localizadas em quatro estados brasileiros (São Paulo, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul). Juntas, elas possuem capacidade instalada para a moagem de 40 milhões de toneladas de cana e produção de 3 bilhões de litros de etanol, 700 mil toneladas de açúcar e 3.100 GWh de energia elétrica.

Entre os últimos empreendimentos da empresa estão:

  • Inauguração da fábrica de açúcar da Unidade Conquista do Pontal (SP), com capacidade para produzir 400 mil toneladas de açúcar por ano;
  • Aumento da capacidade de moagem da empresa para 34,7 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por ano;
  • Contratação de aproximadamente 2 mil novos Integrantes, encerrando a safra 2012-2013 com 15.903 pessoas, 12,3% a mais que a anterior.;
  • Investimento de R$ 4,5 milhões em ações do Programa Energia Social para Sustentabilidade Local;
  • Conquista das certificações Better Sugar Cane Initiative (Bonsucro) nas unidades Alcídia, Conquista do Pontal e Rio Claro.

Em 2012, teve sua atuação reconhecida por meio de prêmios:

  • Selo Empresa Amiga da Criança: Concedido pela Fundação Abrinq pelas práticas relacionadas ao repúdio ao trabalho infantil nas dependências da organização e/ou o emprego de jovens em jornada noturna – medidas adotadas pela Odebrecht Agroindustrial desde a sua criação, em 2007;
     
  • Melhores Práticas Socioambientais do Setor: O Programa Energia Social para Sustentabilidade Local foi reconhecido pela União da Indústria da Cana-de-Açúcar (Unica) pelo desempenho da Empresa nas suas Comunidades de atuação, em relação a dois dos Oito Objetivos de Desenvolvimento do Milênio definidos pela Organização das Nações Unidas (ONU): Objetivo 1 – Acabar com a fome e a miséria, e Objetivo 4 –Reduzir a mortalidade infantil.
     
  • Prêmio Chico Mendes: O Instituto Internacional de Pesquisa e Responsabilidade Socioambiental Chico Mendes concedeu ao Programa Energia Social para Sustentabilidade Local o Prêmio Gestão Socioambiental Responsável 2012 por suas ações nos nove municípios de atuação.
     
  • Investimento Sustentável: O Programa Energia Social foi citado no livro BNDES: um banco de história e do futuro, publicado em comemoração aos 60 anos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, como referência de investimentos com sustentabilidade.
     
  • MasterCana: O Prêmio MasterCana – Desempenho Centro-Sul 2012, promovido pela empresa de comunicação ProCana Brasil, foi recebido na categoria Gestão de Pessoas. Desde a sua criação, a Empresa tem contribuído para levar ao setor bioenergético as melhores iniciativas em relação ao cuidado com as pessoas, por meio da utilização de práticas sustentáveis na operação de suas Unidades Agroindustriais.
     
  • 10 Melhores Usinas do País e Usina Modelo em Tecnologia: Durante o ano-safra, a Unidade Conquista do Pontal, que compõe o Polo São Paulo, foi eleita uma das dez melhores usinas do País. Também foi considerada usina-modelo em termos tecnológicos.
     
  • Top Etanol: O Prêmio é uma iniciativa do Projeto Agora, que reúne empresas de toda a cadeia sucroenergética. Com o tema “Alterações nos atributos físicos do solo relacionado a diferentes métodos de preparo no plantio de cana-de-açúcar”, a Empresa foi condecorada pelo projeto desenvolvido por Carlos Antônio da Silva Junior, Integrante da Unidade Eldorado, do Polo Mato Grosso do Sul.

Sites Relacionados